13.08.2014 – Caro Governador,

Estava almoçando quando recebi a noticia sobre o trágico falecimento de Eduardo Campos, candidato a presidência pelo PSB e até então tinha sido governador de Pernambuco, durante 7 anos, deixando o cargo para sua candidatura. ” Não acredito”, “Estou pasmo”, ” Ele deu entrevista ontem ao JN” e tantas outras foram o que mais li nas redes sociais e também foram as mais pronunciadas por mim.

Hoje, foi término dos 3 dias de luto nacional decretado pela atual presidente Dilma Rousseff e passei esses dias a caminho da faculdade vendo uma bandeira do Brasil a meio mastro. “Algo está errado” acusa minha mente. Nunca entendemos pelo que passamos nunca entendemos a razão dos fatos. Eduardo Campos fez uma bela trajetória em seu governo no estado de Pernambuco, trajetória que o levou a ser reeleito com 93% dos votos;foi ministro de Ciências e Tecnologia no governo Lula; ele tinha mão para política, antes, era um homem político. Veio de família tradicional do Recife; Miguel Arraes como “professor”; marido de Renata Campos e pai de 5 filhos. Esse era Eduardo.

“Algo está errado”, esse falecimento além de grande perda política e principalmente nas vésperas de eleição. Havia mais 6 pessoas dentro do avião, as quais morreram com seus sonhos com seu trabalho. Talvez, o que comove ( e move o sentimento) seja a maneira como tudo ocorreu. Falecer de uma forma a qual seu corpo não seja reconhecido, de maneira que seja necessário utilizar-se de arcadea dentária e DNA para reconhecer a quem pertence o corpo…Não se trilha caminhos de esperança para finais trágicos.

A fragilidade da vida que passa por entre os dedos como grãos de areia que reluzem o Sol, que ilumina a todos. Ilumine nossos pensamentos diante do caos que se encontra o mundo, não há lógica diante dos fatos. A morte se tornou tão banal ao cotidiano que supõe não um acidente, porém um crime cometido por alguém do mais alto nível político vigente nesta federação…[Que o amor de Deus seja mais que abundante diante da miséria humana]

Caro Governador, as ruas de sua cidade estão com faixas pretas em tua memória. Onde foi teu governo, ali serás velado. A vida é rara, teu exemplo de ser determinado para conseguir os objetivos, inspirou a muitos. Não te via como presidente, porém admirei seu governo em meu estado. Você faz parte da história, a tua existência permanece viva. Sou grata, pela esperança que era tua aliada

Advertisements

2 thoughts on “13.08.2014 – Caro Governador,

  1. Boa noite Nayara!
    Adorei seu texto e concordo com seu pensamento. mesmo em meio a tristeza do acontecimento te parabenizo pelo seu pensamento em relação a pessoa do Ex governador Eduardo Campos. .

  2. Bom dia Nayara!
    Em meio aos acontecimentos , e sentimentos da perca trágica do ex-governador Eduardo Campos e sua equipe me deparei com o seu texto e concordo com o seu pensamento , parabenizo e tenho orgulho em saber que a menina que eu vi crescer hoje se tornou nessa pessoa maravilhosa e colocando em evidencia os seus pensamentos e ideais. Um grande abraço . Iara Veríssimo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s